2 de julho de 2011

Eu quero voar

     
      Eu quero a liberdade em minhas mãos, por favor, permita-me voar alto, não me prenda, pois eu quero tocar o azul do céu, sentir a brisa leve no meu rosto. Não te peço nada demais, quero apenas voar e alcançar meus sonhos, mesmo que eles estejam bem no alto, minhas asas irá tocá-los e então eu me esquecerei das vezes que eu chorei por quase chegar a desenhar no azul do céu e depois cair em terra firme, machucando minhas asas, ofuscando o brilho dos meus sonhos, isso foi em um tempo distante, mas as marcas ainda estão presentes, pois alguém prendia minhas asas, me prendia no seu mundo e eu não conseguia enxergar além do que me era mostrado.
     Por favor, não me prenda novamente, já aprendi a voar sozinha, não preciso mais da sua sombra como guia, estou enxergando novos horizontes, aqueles que me mostras-te estão escuro. Você pensou que me prendendo eu perderia o brilho no olhar, a vontade de lutar, de se levantar,  curar minhas asas, minhas dores e voar novamente, pois bem você se enganou, a porta foi aberta e eu voei com a liberdade de uma borboleta sobrevoando um jardim e enxerguei um mundo lindo que jamais havia enxergado.
     Hoje depois de algum tempo, talvez eu tenha que te agradecer, pois apesar de tudo eu voei algumas vezes segurando em tuas asas, mas eu sei que no fundo você só fazia isso pra mostrar que eu estava presa a ti, mesmo quando me permitia voar um pouco, e de certa forma eu estava totalmente presa e continuei por algum tempo, mesmo depois de você ter me soltado, pois eu ainda não sabia voar direito sem você ao meu lado, pois eu enxergava nesse amor o meu porto seguro, e sem o brilho do seu olhar eu perdia a direção, mas hoje eu vejo, na verdade o que eu pensava ser a minha fortaleza, o que não me deixava cair, era na verdade a minha prisão, onde eu me escondia do mundo, das pessoas e de tudo o que eu amo, por isso eu lhe peço nunca mais sobrevoei o meu caminho, o meu destino, não me prenda, por favor, não me prenda nunca mais. 
     
                                                   (Luzia Medeiros)

Ps. Escrevir esse texto para o concurso do blog "Projeto suas Palavras" edição imagem, 2° lugar.


17 comentários:

  1. Quando se está preso ficamos impossibilitados de voar, de espalhar nossa magia ao redor. Ficamos limitados e inteiramente enfraquecemos, porque o que nos move necessita de um mundo e não um casulo. O amor é liberto e apenas ele nos faz enxergar as belezas da vida, e nos faz encontrar os elementos necessários para amadurecermos e crescermos o amor que pulsa em nós.

    O amor precisa estar liberto para poder sentir o sopro da liberdade, que traz junto consigo a magia do verdadeiro prazer.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. É... A liberdade é algo tão lindo, e geralmente tão associado à borboletas. Existe uma frase da qual gosto muito; cheguei a um ponto em que não me lembro mais se fui eu que a criei ou se a li em algum lugar, oras vejam só. Mas enfim, a frase é "Pois, como as borboletas, nascera para ser livre". Acho que isso está expressado de um modo muito lindo, perfeito e incrível no teu texto, Luzia!

    "Você se enganou, a porta foi aberta e eu voei com a liberdade de uma borboleta sobrevoando um jardim e enxerguei um mundo lindo que jamais havia enxergado."

    Essa foi a parte que mais me tocou. Um beijo para ti, continue escrevendo teus textos maravilhosos!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Lu...vim firmar que teu voto foi computado com sucesso para o pena de ouro... Beijos e afagos no coração!
    Na oportunidade e no embalo já que também estou em Campanha vou te pedir um favor : de amanhã até domingo (4 a 10 de julho) estou na final da Copa Blog, um evento da Dado.Pag, um concurso brincadeira que consiste em pedir votos, quem tem mais votos vence (lógico kkkk), assim se puder daria para votar em mim? É só entrar na http://dado.pag.zip.net/ vai sair uma janela dizendo que é a final clica em ok e ai abre uma janela com meu nome Lindalva e o da amiga concorrente BASTA DÁ UM CLIQUE EM MEU NOME e sai a confirmação do voto. Simples e indolor :-) a regra é um voto por computador se tu tiver 10 Pcs são 10 votos kkkkkkk de já agradeço com um largo sorriso.

    ResponderExcluir
  4. Voa coração, ou então arde.
    Deixe a liberdade tomar conta do teu coração.

    lindo texto

    beijokas

    Nina

    ResponderExcluir
  5. obrigada minha linda pelo voto na copa blog, mas dá pra votar de novo e pedir para os amigos??? eita como sou cara de pau kkkkkkkkkkk é que a concorrente é uma professora com uma penca de alunos e ai já viu ela faz propaganda enquanto trabalha kkkkkkkkkkkkkk beijos e uma linda semana

    ResponderExcluir
  6. É difícil se libertar, mas uma vez que isso realmente acontece, amor, você pode parar de pedir por favor, por que agora você tem o poder de sí. Só não se deixe ser presa de novo, ok?!

    ResponderExcluir
  7. Olá Luzia! Fico feliz com sua visita, seu carinho e por vir retribuir e me deparar com tudo isso aqui! Lindos os seus textos! Bjs, seja sempre bem vinda também!

    ResponderExcluir
  8. Parabéns querida pelo texto, ta muito lindo.

    ResponderExcluir
  9. olá amiga depois da meia noite só não sei que hora kkk a segunda fase do Pena de ouro começa e teu mar estará enfeitando o ostra... comece amanhã a chamar os amigos.... tivemos pbls e faltas, cheguei tarde do trampo, mas arrumo a sala a tempo :-) só não esqueça de votar em mim na copa blog kkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  10. Voe cada vez mais alto, acredite sempre, sei que se libertar é difícil.
    Mas não desista nunca!
    Lindo texto!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Gostei muuuito do texto! Você como sempre escrevendo textos maravilhosos!
    Parabéns, você tem muito talento *-*
    Sucesso, muito sucesso!

    ResponderExcluir
  12. Querida vim da Lindalva conhecer seu blog
    e parabeniza-la pelo seu belissimo poema
    e já aprovei o momento para seguir ser blog beijos no coração,Evanir.

    ResponderExcluir
  13. Parabéns, pelo seu blog lindo cheio de conteúdo bom!Estou passando por aqui prá te conhecer e te desejar boa sorte; a sua poesia é ótima, aliás são todas imbatíveis e que vença a melhor!
    Venha conhecer o meu cantinho...
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  14. Liberdade! É o que mais preciso!Liberdade de tudo que me prende á coisas ruins.

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. A libertadade é uma das coisas mais belas que existem. Ninguém a realmente tem, mas também não sabe viver sem.

    Beijos

    ResponderExcluir

Espresse aqui o que você achou das minhas palavras. Espalhem um pouco do seu carinho.