7 de maio de 2011

A menina do interior




Ela era bonita e não sabia, usava tranças e vestidinhos, falava pouco e o pouco que falava misturava as palavras, mais tinha um sorriso lindo, e o olhar mais doce e tímido do sertão. Adorava dançar, mas, sem plateia. Dinheiro ela não tinha mais sonhava em viajar o mundo, no entanto, o mundo que ela conhecia era às singelas e tranquilas rua da pequena cidade em que vivia. Também sonhava em viver um amor igual os dos filmes que assistia. Talvez sua vida fosse isso, uma bagagem de sonhos, tantos sonhos que já nem cabia mais num coração pequeno e tão ingênuo, mas, ela realmente acreditava que mais cedo ou mais tarde iria criar assas e voar em busca dos seus sonhos, e ela voou, num rumo incerto, e hoje ela é feliz, talvez não tenha realizados todos os sonhos de menina, pois, eram muitos, mais ela é feliz, e não vive mais na pequenina cidade, lá no interior ficaram somente os traços de sua infância. De certo ela ainda lembra que ligava o rádio e ficava ouvindo uma canção que dizia assim: “Ler as colunas sociais, sonha com seu nome nos jornais, espera um convite para ser atriz e pede a Deus para ser feliz". (Fernando Mendes). Ela sempre ouvira esta canção e ficava longe ao olhar da janela, se via distante dali, vivendo uma vida bem diferente, bem menos sofrida do que a que vivia naquele recanto triste, onde ela vestia-se de sonhos para poder sorrir, mais ela acreditou tanto em Deus e nos seus sonhos, que ela venceu e hoje é feliz.
     .
                                                           
                                                             Luzia Medeiros.

Ps: Esse texto foi inspirado na história de uma mulher que minha mãe me fala sempre. Eu não a conheço pessoalmente, mas, por já ter ouvido falar tantas vezes dos sonhos que ela acalentava, tive vontade de escrever algo. Por que pessoas que lutam pelos seus sonhos merecem serem lembrados sempre. 

6 comentários:

  1. Oi Luzia. Vim, com imenso prazer, lhe fazer esta visita como forma de gratidão pelo comentário deixado no blog do projeto ABL. Fico imensamente feliz que esteja se identificando com as palavras que postamos lá. E você, como blogueira, deve entender como é gratificante quando as pessoas trazem comentário sobre nosso texto, e dizem ter gostado de ler, e ficam nos visitando cada vez mais. E este é o nosso principal objetivo: Divulgar os textos dos blogueiros afim de fazer-se valorizar sua obra.
    Ah, e fique inteiramente à vontade para participar enviando seu texto. Para mais informações, segue o link da comunidade ABL, no orkut >>> http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=113758892

    Pra você uma boa tarde e um domingo de dia das mães abençoado!

    Atenciosamente,
    Equipe ABL

    ResponderExcluir
  2. que lindo esse texto gente! tao charmosinho!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto. Eu sempre também pensava, sonhava assim... embora ainda não tenha alcançado os meus objetivos.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  4. αmizαde é compαrtilhαr
    segredos, emoções, é compreensão, é diversão,
    é contαr com αlguém sempre que precisαr! é ter αlgo
    em comum, e não ter nαdα em comum, é sentir sαudαde,
    é αbrαçαr forte, é dαr preferênciα, é bαter um ciuminho!
    αmizαde que é αmizade nuncα αcαbα, mesmo que α gente
    cresçα, mesmo que outrαs pessoαs αpαreçam no
    nosso cαminho!
    porque αmizαde não se explicα,
    elα simplesmente αcontece!!

    Sua amizade é um presente para mim!
    Tenha uma linda semana cheia de paz,amor e prosperidade.

    ResponderExcluir
  5. Com certeza, luzia! Aliás, que bom que você tem uma mente tão consciente! Foi também por isso que achei a ideia da autora interessante! Nós, da ABL, agradecemos sua visita! E a convidamos para participar enviando sue textos para o projeto 9seja via blog ou via orkut).

    Ah, e aproveito ara agradecer também sua visita ao meu blog pessoal Flores de um Jardim. Fiquei muito feliz! Volte sempre.

    Com amor, Cynthia.
    Projeto ABL

    ResponderExcluir
  6. Ah! Paraíba! Que lugar gostoso, Luzia! Que bom que somos vizinhas assim também como nos blogs, não és? Sua casa fica bem ao lado da minha. rsrsrs

    Beijos

    ResponderExcluir

Espresse aqui o que você achou das minhas palavras. Espalhem um pouco do seu carinho.